Incêndio atinge Arena Pantanal, e atraso para entrega do estádio deve aumentar

Em um cálculo preliminar, estima-se que o prejuízo das empresas que administram a obra – prevista para ser entregue no fim de dezembro – chegue a R$ 10 milhões

iG São Paulo | - Atualizada às

Reprodução/Facebook
Operários observam as chamas na Arena Pantanal, em Cuiabá

Um incêndio destruiu, na tarde desta sexta-feira, parte do subsolo da Arena Pantanal, um dos estádios que vai sediar os jogos da Copa do Mundo de 2014, em Cuiabá, no Mato Grosso. Alguns minutos depois do início do incidente, o Corpo de Bombeiros da capital mato-grossense controlou o fogo.

Valcke enfrenta protestos em Cuiabá, mas minimiza: "Faz parte da democracia"

Nenhum funcionário ficou ferido, mas os cerca de 1.200 trabalhadores que estavam na obra no momento que o incêndio começou - por volta de 200 na área em que aconteceu o fogo - ficaram bastante assustados.

Reprodução/Facebook
Incêndio atingiu a Arena Pantanal nesta sexta

O incêndio teve início perto de 14h30 (de Brasília) em placas de isopor e comprometeu a parte elétrica, tubulações de água, esgoto e sistema anti-incêndio. O subsolo é a parte por onde os ônibus das equipes vão chegar, que dá acesso aos vestiários dos atletas.

Segundo a Secretária da Copa (Secopa) no Mato Grosso, os aparatos que foram incendiados seriam utilizados na cobertura do estádio, que, com isto, deve ter novo atraso na conclusão de suas obras. Em um cálculo preliminar, estima-se que o prejuízo das empresas que administram a obra – prevista para ser entregue no fim de dezembro – chegue a R$ 10 milhões.

A Arena Pantanal é um dos estádios com maior atraso. Segundo o último balanço, somente 85% das obras foram concluídas, e a construção não deve ser entregue no prazo pevisto (dezembro deste ano). "Estamos trabalhando com afinco para entregar a Arena Pantanal em dezembro, mas pode ser que vá precisar de mais alguns dias, de 10 a 15, para os detalhes de acabamento, instalar algumas cadeiras", disse o governador do Mato Grosso, Silval Barbosa, na última quinta-feira.

Confira obras nos estádios da Copa 2014::

Visão geral da Arena da Baixada em tomada de 20 de novembro de 2013. Foto: Reprodução/TV CAPArena da Baixada teve primeiros assentos instalados (novembro de 2013). Foto: Divulgação/Arena CAPCadeiras instaladas na Arena CAP, estádio de Curitiba para a Copa do Mundo. Foto: Divullgação/Arena CAPBeira-Rio deve ser concluído em dezembro de 2013. Foto: Divulgação/Fifa.comBeira-Rio tem 82% das obras concluídas. Estádio receberá cinco jogos da Copa de 2014. Foto: Divulgação/SC InternacionalEstádio de Natal na Copa receberá quatro jogos da primeira fase do Mundial. Foto: Canindé Soares/DivulgaçãoArena das Dunas, em Natal, tem 90% das obras concluídas. Foto: Canindé Soares/DivulgaçãoEstádio de Curitiba é um dos que mais preocupam a Fifa. Tem 79% das obras concluídas e gramado não começou a ser plantado. Foto: Divulgação/Fifa.comEstádio do Atlético-PR tem previsão de ser concluído em dezembro. Arena CAP receberá quatro jogos da Copa 2014. Foto: Divulgação/Arena CAPEstádio de Cuiabá na Copa de 2014 receberá quatro jogos e tem previsão de conclusão em dezembro. Foto: Divulgação/Secopa/MTArena Pantanal, em Cuiabá, tem 80% das obras concluídas. Foto: Divulgação/Fifa.comEstádio de Manaus para a Copa tem 83% das obras concluídas. Foto: Alfredo Fernandes/Arena da AmazôniaEstádio de Manaus receberá quatro jogos da Copa de 2014. Gramado começou a ser plantado em setembro. Foto: Alfredo Fernandes/Arena da AmazôniaEstádio do Corinthians já tem 90% das suas obras concluídas. Foto: Marcos Favari/OdebrechtArena Corinthians está quase pronta. Foto: Paulo Whitaker/Reuters


*Com Gazeta

Leia tudo sobre: Arena PantanalCopa 2014

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG