Arquibancadas provisórias da Arena Corinthians começam a ser retiradas

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Desmontagem do setor provisório começa nesta sexta-feira e será concluído em até 120 dias. Operação não impede que o Corinthians mande seus jogos em Itaquera

Após receber o último jogo da Copa do Mundo, a Arena Corinthians começa o processo de desmontagem da estrutura construída para o Mundial. Nesta sexta-feira, as arquibancadas provisórias serão retiradas e o prazo máximo para o término é de 120 dias.

Leia também: Classificação argentina tem briga e cadeiras quebradas na Arena Corinthians

Julian Finney/Getty Images
Torcedores da Argentina se espremeram atrás de um dos gols da Arena Corinthians e quebraram cadeiras

A Fast Engenharia, empresa terceirizada, é responsável pela colocação e retirada das cadeiras. Ao total, foram 19.800 assentos colocados no estádio para aumentar a sua capacidade. Eles foram divididos em: 8.800 assentos no lado Norte, 8.800 no lado Sul, 1.200 no lado Leste e mil no lado Oeste.

Mesmo com a operação, a Arena Corinthians não ficará impedido de receber as partidas já previstas. De acordo com a empresa, a área "ficará totalmente isolado do público em dias de jogos, sem oferecer qualquer tipo de risco aos torcedores".

O estádio também terá cinco dias úteis para retirar as placas e acessos feitos pela Fifa. O Corinthians, por sua vez, já confirmou a partida contra o Internacional, dia 17, em Itaquera.

Por outro lado, a preocupação na Arena Corinthians é com as cadeiras que foram quebradas na partida entre Argentina x Holanda, na última quarta-feira, na semifinal da Copa. O iG Esporte flagrou a confusão e constatou que havia milhares de torcedores espremidos nos assentos localizados atrás de um dos gols. No jogo contra a Suíça, argentinos já haviam danificado 282 cadeiras. A Fifa é quem arcará com as despesas.

Leia tudo sobre: Copa 2014Arena CorinthiansItaquerãoCorinthians

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas