Herói do título argentino de 78, Kempes critica "sumiço" de Messi

Por iG São Paulo * |

compartilhe

Tamanho do texto

"Faltou esse cérebro", analisou o ex-atacante, que, diferente da maioria da imprensa argentina, amenizou o lance do suposto pênalti em Higuaín

Getty Images
Mario Kempes foi o artilheiro da Copa de 1978 com seis gols. Foi ainda eleito o melhor jogador da competição ao comandar a primeira conquista argentina

Depois de Diego Maradona, outro ídolo do futebol argentino não poupou as atuações apáticas de Lionel Messi nas fases finais da Copa do Mundo do Brasil. Herói do título mundial de 1978, Mario Kempes afirmou que seu compatriota não merecia ter sido eleito o melhor da competição disputada em terras brasileiras.

"O desempenho de Messi não esteve à altura de um Mundial. Fez quatro gols nos primeiros jogos, mas não o vejo como o melhor da competição. A Argentina precisava dele, mas Messi não esteve tão presente como deveria. Faltou esse cérebro", analisou o ex-atacante à rádio América, da Argentina.

Argentinos são recepcionados por torcedores e presidente em Buenos Aires

Apesar do vice-campeonato e da ausência de gols e jogadas decisivas a partir das quartas de final da competição, Lionel Messi recebeu da Fifa a Bola de Ouro do torneio. Ao comentar o desempenho do time na final diante da Alemanha, Kempes foi crítico, ao contrário da maioria da imprensa argentina, que exaltou o esforço dos atletas e reclamou um suposto pênalti não marcado de Neuer em Higuaín.

"A jogada do Higuaín foi confusa e poderia ter decidido o jogo, caso o goleiro fosse expulso e o pênalti fosse marcado. Mas não seria preciso chegar a esse ponto. A Argentina teve tudo para ganhar, mas cometeu vários erros e desperdiçou as chances. Não acho que seja necessário culpar os outros pelas nossas falhas", cocncluiu.

*Com Gazeta

Leia tudo sobre: Copa 2014ArgentinaMario KempesLionel Messi

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas