Julio Cesar, Pirlo, Drogba... Veja veteranos que deram adeus às Copas em 2014

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Alguns jogadores já falaram que não defendem mais a seleção em Mundiais e outros, pela idade, devem ficar fora de 2018

Antes mesmo de começar a Copa do Mundo, o italiano Andrea Pirlo já avisava que não defenderia mais a seleção azzurra. Foto: Robert Cianflone/Getty ImagesJulio Cesar, goleiro da seleção, anunciou a despedida de Copas logo depois de levar 7 a 1 da Alemanha na semifinal do Mundial. Foto: Martin Rose/Getty ImagesJá Daniel Alves, aos 31 anos, falou em tom de despedidas de Copas depois dos 7 a 1 para a Alemanha na semifinal em Belo Horizonte. Foto: Jefferson Bernardes/VIPCOMMEm entrevista durante a Copa, uruguaio Forlan deu a entender que aquela era a sua despedida da seleção e de mundiais. Foto: Getty ImagesLugano é mais um uruguaio perto da aposentadoria das Copas. O zagueiro pouco atuou no Mundial do Brasil. Foto: Laurence Griffiths/Getty ImagesJoseph Yobo, zagueiro e capitão da Nigéria na Copa, anunciou a sua aposentadoria da seleção depois que a equipe deixou a Copa. Foto: Paul Gilham/Getty ImagesDepois de disputar a Copa do Mundo no Brasil aos 36 anos, Drogba dificilmente defenderá a Costa do Marfim em 2018. Foto: AP Photo/Sergei GritsSteven Gerrard, capitão da Inglaterra, disse durante a Copa que pensa em se aposentar da seleção. Foto: Richard Heathcote/Getty ImagesAinda na seleção da Inglaterra, Lampard foi reserva na Copa e não deve voltar para o próximo Mundial. Foto: Jeff Gross/Getty ImagesAos 43 anos de idade, goleiro colombiano Mondragon se tornou o atleta mais velho a jogar uma Copa. Foto: Getty ImagesAos 34 anos, Xavi Hernandez ficou no banco no seu último jogo pela seleção da Espanha em Copas, na vitória sobre a Austrália na primeira fase do Mundial . Foto: Cameron Spencer/Getty ImagesAos 33 anos, Casillas é mais um veterano da seleção da Espanha e deve ter amargado no Brasil o seu último Mundial, com direito a levar goleada da Holanda. Foto: ReutersDavid Villa é mais um espanhol a se despedir da seleção após a Copa. Ele anunciou a decisão no começo de junho. Foto: Quinn Rooney/Getty ImagesBelga Van Buyten foi mais a anunciar que iria se aposentar da seleção depois da Copa do Mundo. Foto: Jamie McDonald/Getty ImagesRafael Marquez foi capitão do México pela quarta Copa e seguida e sonha com título na despedida, mas acabou caindo nas oitavas de final. Foto: Marcio Jose Sanchez/AP Klose se recuperou se uma lesão para estar na Copa, defendeu a Alemanha mais uma vez e ainda bateu o recorde de gols em Mundial de Ronaldo. Foto: Robert Cianflone/Getty ImagesAustraliano Tim Cahill, aos 34 anos, disse ainda durante a Copa que esse seria o seu último Mundial. Foto: Getty ImagesNa França, um dos veteranos na Copa foi Patrice Evra, aos 32 anos. Ele não deve voltar para a Copa do Mundo da Rússia em 2018. Foto: Getty ImagesColombiano Mario Yepes, aos 38 anos, disputou a sua primeira e última Copa do Mundo no Brasil . Foto: Hassan Ammar/APBruno Alves defendeu Portugal na Copa do Mundo no Brasil e se despediu do torneio amargando queda ainda na primeira fase. Foto: Felipe Oliveira/Getty ImagesGiorgos Karagounis já tem 37 anos e disputou no Brasil a sua última Copa pela seleção da Grécia, se despedindo nas oitavas de final . Foto: Jamie McDonald/Getty ImagesEdison Mendez, do Equador, disputou a sua terceira a última Copa da carreira em 2014. Foto: Julian Finney/Getty ImagesMaior jogador da história de Camarões, Samuel Eto'o jogou apenas na estreia na Copa e não deve voltar em 2018. Foto: Clive Rose/Getty Images


compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas