Torcida pede estrangeiro na seleção, mas CBF prefere brasileiro. Veja opções

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

..

Alexandre Loureiro/Vipcomm
Com a demissão de Felipão, Marin quebra a cabeça para achar novo técnico da seleção

Presidente da CBF (Confederação Brasileira de Futebol), José Maria Marin concederá uma entrevista coletiva às 11h desta quinta-feira para falar sobre o futuro da seleção brasileira. Com a demissão de Luiz Felipe Scolari após o quarto lugar na Copa do Mundo 2014, o dirigente está em busca de um novo treinador. Não é certo, porém, se o anúncio deste técnico será feito já neste pronunciamento.

A CBF foi muito criticada depois da pesada goleada por 7 a 1 sofrida para a Alemanha na semifinal do Mundial. Desde a última terça-feira, data que entrou negativamente para a história do futebol brasileiro, a entidade vem recebendo muitas cobranças por renovação e melhorias nas condições de formação de atletas. Aos 82 anos, Marin busca agora encontrar um comandante que possa ajudá-lo nessa missão.

Leia: #VaiMozão: relembre os melhores memes da Copa do Mundo 2014

Como mostrou enquete do iG, o torcedor brasileiro prefere que um treinador estrangeiro assuma a seleção. A própria CBF sinalizou concordar com esse pensamento e sondou, segundo a imprensa europeia, José Mourinho, do Chelsea, Manuel Pellegrini, do Manchester City, e até Alejandro Sabella, que dirigiu a Argentina no vice-campeonato mundial. No entanto, a entidade parece ter recuado neste pensamento e um nome nacional deve ser a resposta à principal pergunta do dia: quem será o novo técnico da seleção brasileira?

O iG Esporte lista agora os principais nomes e mostra as razões que fazem cada um ser candidato em potencial ao cargo:

Leia: Relembre joelhada em Neymar, mordida de Suárez e mais cenas marcantes da Copa

Tite

É o candidato natural ao lugar de Scolari. Campeão brasileiro, da Libertadores e do Mundial de Clubes com o Corinthians entre 2011 e 2012, está sem trabalhar desde o término da temporada passada. O treinador não admite publicamente, mas o esperado o convite da CBF é um dos motivos por não ter aceitado nenhuma oferta até agora.

Agência Corinthians
Tite, ex-Corinthians, é o primeiro na "linha de sucessão" ao cargo de técnico da seleção brasileira


Muricy Ramalho

Está atualmente no São Paulo, mas Carlos Miguel Aidar, presidente do clube, já anunciou que coloca o técnico à disposição da CBF se a entidade assim desejar. Vale lembrar que Muricy já foi chamado para dirigir a seleção logo depois da Copa de 2010, mas rejeitou o cargo por estar trabalhando no Fluminense.

Rubens Chiri/Divulgação
Muricy Ramalho foi colocado à disposição da CBF pelo presidente do São Paulo Carlo Miguel Aidar


Alexandre Gallo

Um dos olheiros de Scolari na Copa do Mundo 2014, Gallo trabalha nas categorias de base da CBF. Pode ser um nome para renovar a seleção pensando no próximo ciclo de competições, que termina no Mundial da Rússia daqui a quatro anos. Também é cotado para assumir como técnico de forma interina até que Marin chegue ao nome que considera ideal.

Rafael Ribeiro/CBF
Alexandre Gallo é técnico da seleção brasileira sub 20 e foi olheiro de Felipão na Copa 2014


José Mourinho

O português, atual técnico do Chelsea, teria sido contatado pela CBF para dirigir a seleção. A informação é do jornal espanhol Marca. Mourinho teria rejeitado por causa de seu vínculo com o clube inglês, mas deixaria aberta a possibilidade para o futuro. 2017 seria o ano.

Kirsty Wigglesworth/AP
José Mourinho teria sido convidado pela CBF e dito que estará à disposição em 2017


Pep Guardiola

Um dos sonhos de consumo de qualquer equipe ou seleção do mundo, o catalão estava disponível no final de 2012, quando a CBF demitiu Mano Menezes. No entanto, José Maria Marin optou por Luiz Felipe Scolari. Agora o nome de Guardiola volta à tona, mas o técnico tem contrato com o Bayern de Munique.

MICHAELA REHLE/REUTERS
Pep Guardiola esta desempregado na época em que CBF contratou Scolari, no fim de 2012


Jorge Sampaoli

O argentino vem de excelentes trabalhos com a Universidad do Chile e a seleção chilena. Com o clamor dos torcedores por algum treinador estrangeiro, seria um nome interessante. Em entrevista ao iG Esporte, seu estafe se mostrou animado com a possibilidade de assumir o time brasileiro.

AP
Estafe do técnico Jorge Sampaoli está animado com possibilidade de assumir seleção brasileira


Manuel Pellegrini

De acordo com o jornal chileno El Mercurio, a CBF entrou em contato com o treinador do Manchester City no último domingo, antes mesmo do término da Copa do Mundo. Mas, além de seu vínculo com o clube inglês, o técnico chileno teria rejeitado o cargo por causa da falta de planejamento da CBF, que não segue modelos de longo prazo.

Getty Images/Denis Doyle
Treinador chileno Manuel Pellegrini teria sido procurado pela CBF no último domingo


Alejandro Sabella

Vice-campeão mundial com a Argentina, o técnico é outro que já teria sido procurado pela CBF. Mas, com sua situação indefinida quanto à permanência na seleção de seu país, o treinador descartou qualquer tipo de conversa. Após a Copa, o momento para ele é de descansar.

Victor R. Caivano/AP
Alejandro Sabella levou a Argentina ao vice-campeonato mundial em 2014


compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas