Especial cidades-sede: as atrações de Natal

Museus e natureza exuberante convivem lado a lado na capital do Rio Grande do Norte

Time Out | - Atualizada às

Time Out

O clima tropical da cidade proporciona 300 dias de Sol por ano, e faz de Natal destino certo para turistas e visitantes de todo o país e do exterior interessados em aproveitar as belezas naturais do litoral potiguar. Entre as atrações, banho de mar com golfinhos para os lados do Sul até a badalada Pipa; e passeios de buggy nas dunas, mergulho e vento constante em São Miguel do Gostoso ao Norte da Região Metropolitana.

A capital do Rio Grande do Norte oferece alta gastronomia e hospedagens tão variadas quanto um albergue em forma de castelo medieval ou hotéis cinco estrelas e resorts à beira mar em praias desertas próximas ao centro da cidade. O passeio no centro histórico rende visita ao Solar Bela Vista, palacete de 1907 construído por um coronel com materiais nobres vindos da França, Bélgica e Alemanha. A Travessa Pax, ao lado, último vestígio do calçamento rústico no centro da cidade, separa o Solar da casa de Câmara Cascudo, hoje um museu mantido pela família do folclorista. Também merece visita o Palácio Potengi, antiga sede do Governo e atual Pinacoteca do Estado. A orla urbana passa por repaginação completa e muitos trechos estão sendo recuperados devido aos desabamentos ocasionados pelo avanço do mar.

MUSEUS E CONSTRUÇÕES HISTÓRICAS

Ludovicus – Instituto Câmara Cascudo A casa do professor Luís da Câmara Cascudo (1898-1986) foi totalmente restaurada e transformada em museu pela família em 2009. O visitante circula pelos aposentos com mobílias originais, acervo de esculturas, fotos, quadros e tudo o que Cascudo acumulou e produziu ao longo de seis décadas como escritor e pesquisador articulado. Objetos africanos de viagens internacionais e paredes com assinaturas de visitantes ilustres como Monteiro Lobato, Mário de Andrade, Assis Châteaubriant, Juscelino Kubitschek, Carlos Drummond de Andrade, Dorival Caymmi, e personalidades políticas históricas de Natal e do Rio Grande do Norte como o ex-prefeito Djalma Maranhão e o ex-governador Sylvio Pedrosa. Ary Barroso também deixou rabiscado na parede uma estrofe de “Aquarela do Brasil” com direito a dedicatória. Parte das 15 mil cartas trocadas entre Câmara Cascudo e intelectuais de todo o mundo estão digitalizadas e podem ser consultadas pelos mais curiosos.Avenida Câmara Cascudo, 377, Cidade Alta (84 3222-3293/3221-0131). Aberto 3ª-sáb. 9h-17h. Entrada R$ 3 (apenas em dinheiro).

Solar Bela Vista Palacete em estilo neoclássico construído em 1907 pelo coronel Aureliano Medeiros, o Solar Bela Vista chegou a ser apelidado de ‘Taj Mahal’ por ter sido erguido para acomodar a esposa e a família do coronel durante suas ausências. O lugar possui acabamentos com materiais importados da França, Bélgica e Alemanha. Funcionou como hotel de luxo nas décadas de 1950 e 60, e seu salão recebeu militares norte-americanos para grandes festas durante a Segunda Guerra Mundial. Tombado pelo Patrimônio Histórico em 1990, atualmente é administrado pelo SESI-RN e funciona como centro cultural. Possui estrutura para receber atividades como palestras, exibição de filmes, exposições, shows e lançamentos de livros. Oferece aulas de música, artes plásticas e oficinas de artesanato.Avenida Câmara Cascudo, 417, Cidade Alta (84 3212-1760/rn.sesi.org.br). Aberto 3ª-6ª 9h-17h. Grátis.

Palácio Potengi – Pinacoteca do Estado Inaugurado em 1873, o espaçoso Palácio de estilo neoclássico chegou a abrigar no térreo a Tesouraria Provincial e a Repartição do Correio; e sessões da Câmara Municipal e do Júri no pavimento superior. A partir de 1902 passou a ser sede do Governo Estadual e em 1954 foi batizado como Palácio Potengi. Após a construção do Centro Administrativo no final da década de 1970, o edifício foi gradativamente desocupado pelo poder executivo. Transformado em Pinacoteca do Estado em 1999, hoje seus salões funcionam como galerias de arte. Seu acervo possui obras de artistas locais, nacionais e internacionais, entre eles Volpi, Tarsila do Amaral, Cícero Dias e Fayga Ostrower. Os potiguares estão bem representados com os trabalhos de Maria do Santíssimo, Newton Navarro, Dorian Gray e Abraham Palatnik. Praça 7 de Setembro, s/n°, Cidade Alta (84 3232-9727) Aberto 3ª-dom. 8h-17h. Grátis.

NATAL AO AR LIVRE

Parque das Dunas Localizado no coração de Natal, o Parque Estadual das Dunas é considerado o segundo maior parque urbano do Brasil (ficando atrás apenas da Floresta da Tijuca, no Rio de Janeiro). Criado em 1977, possui 1.172 hectares de área preservada de Mata Atlântica e foi a primeira unidade de conservação ambiental do Rio Grande do Norte. Além de espaço para a prática de esportes, centro de atividades de educação ambiental e playground, o Parque também possui anfiteatro para receber projetos culturais e atrações semanais de música e teatro infantil. Oferece três trilhas com passeios guiados: Perobinha, de 800 metros, Peroba, com 2,4 km, e a trilha Ubaia-Doce, com 4,4 km de extensão. Alameda Alexandrino de Alencar, s/n°, Tirol (84 3201-3985). Aberto 2ª-dom. 4h30-18h. Grátis.

Pôr do Sol no Rio Potengi A plasticidade do pôr do Sol às margens do tranquilo Rio Potengi está entre as atrações naturais obrigatórias para quem visita a cidade. A pedida é aproveitar a brisa constante e o cardápio do restaurante Latitude Cinco Graus no Iate Clube Natal ao cair da tarde. Todas as terças, quartas e quintas, a partir das 17h, o público é saudado por saxofonista que interpreta o Bolero de Ravel de dentro de uma canoa, tendo como moldura o belo espetáculo da natureza. O único inconveniente é ter de chegar e sair do local de carro ou táxi, pois as linhas de ônibus que servem a localidade são deficitárias, mas o passeio vale muito a pena – principalmente para os mais românticos.Rua Coronel Flamínio, s/n°, Santos Reis (84 3202-4402). Aberto 3ª-6ª 9h- 22h; sáb.- dom. 9h-18h. Entrada R$ 10 (3ª, 4ª e 5ª).

Vida Noturna

Os lugares que oferecem atrações ao vivo levam vantagem na noite de Natal: nas principais boates, dias certos para cada estilo musical; nos bares, bandas de rock ou esquema banquinho e violão. Shows de axé ou forró sempre estão em pauta. Samba e choro também encontram espaço e público fiel. O tradicional largo do Atheneu é o lugar ideal para curtir o happy hour entre botecos, lanchonetes e chopperias. Em dias de jogos de futebol, os churrasquinhos são a preferência. Já os mais destemidos podem esticar até o Beco da Lama, reduto boêmio no centro da cidade onde circulam poetas, pintores, escritores e toda sorte de artistas. Os bairros da Ribeira, Petrópolis e Ponta Negra concentram boa parte da programação.

BARES E MÚSICA

Bar da Nazaré Samba, cerveja e poesia no Beco da Lama, centro da cidade. Um boteco popular animado, entre carros e camelôs, com serviço de cozinha honesto; serve galinha caipira, feijoada e carneiro. Para beber, cerveja de garrafa 600ml (Devassa e Bohemia). O lugar funciona durante o dia e a tarde, prefira esse horário. Passagem obrigatória de boêmios e artistas que circulam pelos bares e becos da Cidade Alta. Rua Coronel Cascudo, 130, Cidade Alta (84 3211-7117) Aberto 2ª-sáb. 8h30-22h. Só aceita dinheiro $

Espaço Cultural Buraco da Catita Chorinho e samba são os carros chefe da casa, palco que recebe os principais músicos da cidade. O Espaço começou despojado, no esquema boteco de shows semiacústicos na calçada cercado por centenas de pessoas; hoje está mais comportado e seleto. Em qualquer fase, o ingrediente principal permanece: a boa música. Serve cerveja em garrafas de 355ml e petiscos como caldos de feijão e porção de camarões.Rua Câmara Cascudo, 185, Ribeira (84 2010-9185) Aberto 6ª-sáb. 19h-0h.MC VS $$

Hell’s Pub Espaço perfeito para quem gosta de petiscar algo diferenciado ao som do bom e velho rock. Blues, soul e jazz são bem-vindos à trilha sonora do Hell’s – que segue a linha do ‘gastropub’. Brusquetas, camarão, hambúrgueres e carpaccio são algumas das atrações do cardápio. Shows ao vivo sextas e sábados. Rua Raimundo Chaves, 1892, Candelária (84 2010-9666/hellspubnatal.blogspot.com.br) Aberto 2ª-3ª 19h-21h; 4ª-sáb. 19h-2h. MC VS $$

Choperia Petrópolis No tradicional Largo do Atheneu, centro do roteiro boêmio de Petrópolis, a choperia faz jus à história: conta-se que o primeiro chopp tirado em solo verde amarelo, no início dos anos 1940, foi em Natal, na época da Segunda Guerra Mundial. A cidade foi base aérea Aliada devido a posição estratégica, e Petrópolis o bairro preferido dos norte-americanos residentes. Música ao vivo eclética, com samba-jazz, choro e MPB para animar o happy hour. Chope Brahma em dois tamanhos, petiscos de camarão e acarajé. Rua Seridó, 511, Petrópolis (84 3211-1551) Aberto 2ª-sáb. 17h30-1h MC VS $$

Jazzy Rocks Bar Palco alternativo e badalado, o Jazzy recebe desde cover de bandas pós-punk a atrações de dub e samba-funk. O público descolado circula por lá. Ambiente interno climatizado com tratamento acústico, palco e sinuca; mesas na área externa. Recebe lançamentos de fanzines e CDs de artistas da MPB potiguar. Para quem gosta de entrar pela madrugada nos fins de semana. Avenida Senador Salgado Filho, 3510, Candelária(84 2226-6833) Aberto 5ª-sáb. 19h-4h.MC VS $

Astral Sucos Literalmente a beira-mar, o Astral Sucos é o lugar de gente interessada em açaí, sanduíches, crepes e música ao vivo no cair da tarde (aos sábados). A audiência da trilha sonora é o reggae e todas as suas vertentes. Passagem de turistas que visitam a famosa praia de Ponta Negra. O espaço realiza eventos e se envolve em atividades esportivas e ações de educação ambiental.Calçadão Erivan França, 102, Ponta Negra (84 3236-4542) Aberto 2ª-dom. 8h-22h. MC VS $

CASAS NOTURNAS

Peppers Hall A casa eclética e bem estruturada conta com modernos equipamentos de som e iluminação. Abre as portas para receber festas de música eletrônica, shows de artistas nacionais como Preta Gil e MC Leozinho, cantores sertanejos, MPB e rock. Possui área para fumantes e total acessibilidade. Destaque para os hambúrgueres e cartas de drinques.Avenida Eng. Roberto Freire, 3071, Ponta Negra (84 3236-2886/peppershall.com.br) Aberto 5ª-sáb. 22h30-6h.DC MC VS $$

Taverna Pub - Medieval Bar A ambientação do Taverna segue a risca a temática medieval, com armaduras e escudos nas paredes, móveis rústicos e garçons com trajes à caráter. Detalhes ressaltados pelo fato do lugar funcionar no porão de um albergue (Lua Cheia) em formato de castelo. Para beber, escolha entre duas dezenas de drinques, na cozinha a boa pedida são os pastéis. Rua Dr. Manoel Augusto Bezerra de Araújo, 500, Ponta Negra (84 3236-3696/tavernapub.com.br) Aberto 2ª-sáb. 22h-4h. DC MC VS $$

Compras

O comércio de rua vem perdendo espaço para os shoppings centers e grandes centros comerciais, mas ainda tem seu lugar na cidade

A variedade do comércio em Natal cresce proporcional a quantidade de turistas que visitam a cidade. Metrópole de uma região que se desenvolveu muito na última década, a capital do Rio Grande do Norte vem atraindo investimentos de grandes magazines e assiste a construção e ampliação de shoppings centers. A rápida urbanização e mudanças no comportamento do consumidor, que migrou para os grandes centros comerciais, enfraqueceram o comércio de rua e mercados públicos – o Mercado de Petrópolis é o mais estruturado, e sua ocupação tem perfil cultural. As feiras de artesanato também cederam lugar aos grandes empreendimentos, que reúnem centenas de pequenas lojas do gênero. O comércio popular se concentra no movimentado bairro do Alecrim, onde se encontram parafusos, peças automotivas, conserto de liquidificador, móveis usados e material de pesca.

SHOPPING CENTERS

Midway Mall Shopping Inaugurado em 2005, é o maior shopping de Natal, com cerca de 300 lojas no mall e 2 mil vagas de estacionamento coberto (edifício garagem). Desde 2010 possui área gourmet no terceiro piso, com quatro dos melhores restaurantes da cidade. Ainda no pavimento superior, multiplex da rede de cinemas Cinemark e o Teatro Riachuelo, um dos mais bem equipados do Nordeste com capacidade para acomodar 1,4 mil pessoas sentadas. Local bem servido por linhas de ônibus. Avenida Bernardo Vieira, 3775, Tirol (84 4006-3424/midwaymall.com.br) Aberto 2ª-dom. 10h-22h.

Praia Shopping Localizado na zona Sul de Natal, próximo à orla da praia de Ponta Negra, o shopping é térreo, possui perfil despojado, ventilação natural e mall com mais de 100 lojas. Oferece 450 vagas cobertas (edifício garagem), salas de cinema da rede Moviecom e praça de alimentação diversificada. Frequentado principalmente por turistas e moradores do bairro.Avenida Engenheiro Roberto Freire, 8790, Ponta Negra (84 4008-0842/praiashopping.com.br) Aberto 2ª-dom. 10h-22h.

MERCADOS E FEIRAS

Centro de Turismo As selas da antiga Casa de Detenção Pública de Natal, hoje tombada pelo Patrimônio Histórico e conhecida como Centro de Turismo, abrigam cerca de 40 lojas com todo tipo de artesanato produzido na região. Lugar ideal para encontrar uma lembrancinha da cidade e conhecer um pouco mais sobre a história da capital potiguar. O tradicional Forró com Turista movimenta o lugar com shows ao vivo nas noites de quinta-feira. Construído no alto de uma duna, é possível ver o encontro do mar com o Rio Potengi.Rua Aderbal de Figueiredo, 980, Petrópolis (84 3211-6149/centrodeturismodenatal.com.br) Aberto 2ª-dom. 8h-19h.

Mercado de Petrópolis Entre os mais antigos da cidade, o Mercado Público de Petrópolis é o mais bem cuidado pela prefeitura devido articulação da associação de lojistas. O lugar possui 56 boxes com perfil cultural como antiquários, sebos, lojinha de artesanato, moda praia, galerias de arte e bistrôs. Na pequena praça de alimentação, que recebe regularmente música ao vivo, saraus poéticos e exibição de filmes. Destaque para os pratos e lanches típicos da região como a tapioca. O tradicional Café de Dalila está no Mercado há 40 anos e entre os mais famosos da cidade; nos fins de semana é fácil ver gente que ainda não dormiu comendo o café-da-manhã por lá.Avenida Hermes da Fonseca, Petrópolis (84) 3232-9078 Aberto 2ª-dom. 6h-20h.

Feira do Alecrim Realizada aos sábados desde 1920, no cruzamento das avenidas Coronel Estevam e Presidente Quaresma, a Feira do Alecrim é a maior e mais tradicional feira popular da capital. Atualmente possui mais de 800 barracas cadastradas, que comercializam toda variedade de hortifrutigranjeiros, produtos a granel e artesanais.Avenida Presidente Quaresma, Alecrim Aberta sáb. 6h-15h.


Leia tudo sobre: natalcopa 2014timeout

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG