Especial cidades-sede: as atrações do Rio de Janeiro

Postais famosos e cantos com histórias menos conhecidas estão clamando para ser explorados

Time Out | - Atualizada às

Time Out

Abençoada com mais do que uma cota justa de atrações imperdíveis, o Rio tem uma série de lugares interessantes para descobrir, com cada bairro revelando aos poucos sua característica própria e seu encanto. Para ter uma reveladora vista panorâmica, basta simplesmente ganhar um pouco de altitude. Subir o Corcovado garante não só a chance de ver de perto a onipresente estátua do Cristo Redentor, mas também admirar o emaranhado de ruas, morros e praias lá embaixo. Juntar as partes da cidade olhando de cima é tão revelador quanto prazeroso – na mesma toada, a vista panorâmica do Pão de Açúcar para Copacabana e as luzes das favelas à distância proporcionam esse tipo de deslumbramento.

Outra subida que vale a pena é pelas ruas de paralelepípedos de Santa Teresa, o boêmio morro que o tempo se esqueceu de modificar – lar de arquitetura grandiosa, restaurantes finos e alguns dos melhores bares de bairro da cidade. No pé do morro, a Lapa ganha vida após 21h, com seus icônicos arcos brancos que simbolizam a vida noturna carioca.

Perto dali, o Centro se movimenta com os negócios, mas também é endereço de preciosidades históricas como o Theatro Municipal e de impressionantes polos culturais como o CCBB, que sempre vale a visita. Não se esqueça, no entanto, que menos pode ser muito, muito mais: passar um dia esparramado na praia de Ipanema, seguido de caipirinhas ao pôr do sol diante da Lagoa, garante uma amostra inesquecível do puro prazer de se sentir como um carioca.

NAVEGAÇÃO NO RIO

A melhor maneira de conhecer a cidade é a pé: a geografia caprichosa ainda colabora facilitando a orientação com paisagens impossíveis de passar batidas, como os morros cobertos pela Mata Atlântica, a Lagoa Rodrigo de Freitas e, claro, quilômetros de areia dourada que contornam a orla da Baía de Guanabara até a Barra da Tijuca, no oeste.

Dividida em Norte e Sul pelas mesmas montanhas e conectada por túneis enormes como o Rebouças, a Zona Sul ficou com boa parte dos pontos de interesse. A Zona Norte, por sua vez, teve de se contentar com os subúrbios e atrativos históricos como o parque Quinta da Boa Vista e a Igreja da Penha pontuando um confuso espalhamento urbano. Por questões de segurança, recomenda-se explorar a Zona Norte com o destino certo em mente, idealmente de táxi. A Zona Sul, no entanto, é mais bem aproveitada a pé, caminhando pelo famoso calçadão ondulado de Copacabana ou pela pista que circunda a descolada Lagoa, vendo alguns dos ícones da cidade pelo caminho e também trombando em alguns de seus segredos.

MUSEUS, GALERIAS E MONUMENTOS

CCBB – Centro Cultural Banco do Brasil O próspero centro multimídia abriga as melhores exposições de arte da cidade, além de festivais de cinema e debates culturais. Um amplo museu monetário ocupa o andar superior. Rua Primeiro de Março 66, Centro (21 3808 2020/bb.com.br/cultura). Aberto 3ª-dom. 9h-21h. Grátis.

Cristo Redentor A estátua no topo do morro do Corcovado, a 710m de altura, atrai meio milhão de visitantes por ano – e não há hipérbole que faça jus à vista do Rio que se tem lá de cima. O bondinho para subir sai de Cosme Velho e leva 20 minutos (ingressos antecipados na Riotur, Rua Candelária 6, Centro, ou no site corcovado.com.br), ou pegue as vans que saem a cada dez minutos do Largo do Machado. Rua Cosme Velho 513, Cosme Velho (21 2558 1329/corcovado.com.br). Aberto diariamente 8h30-19h (o bondinho sai a cada meia hora). Entrada $46.

Jardim Botânico Mais uma joia na coroa desta cidade abençoada com fauna e flora espetaculares. Combina caminhos românticos repletos de folhas e cantinhos sombreados, com mais de 8 mil espécies de plantas e de 5.500 tipos de árvores de todos os lugares do mundo. Tem ainda cafeteria e loja de suvenires para fechar o dia. Rua Jardim Botânico 920/1008, Jardim Botânico (21 3874 1808/jbrj.gov.br). Aberto 2ª-dom. 8h-17h. Entrada R$6.

Lagoa Rodrigo de Freitas Mais do que apenas uma linda lagoa, é a casa de remadores e praticantes de wakeboard, e as suas margens ficam lotadas de atletas, ciclistas e frequentadores dos inúmeros bares e restaurantes. Rua Epitácio Pessoa, Lagoa.

MAC – Museu de Arte Contemporânea Em um morro de Niterói (chega-se por uma travessia de balsa de 20 minutos a partir do terminal da Praça XV, no Centro), as exposições do MAC são geralmente secundárias em comparação ao prédio em forma de disco-voador que as hospeda. Mirante da Boa Vista, Niterói (21 2620 2400/macniteroi.com.br). Aberto 3ª-dom. 10h-18h. Entrada R$5; grátis 4ª.

MAM – Museu de Arte Moderna A instituição mais importante da cidade tem acervo de cerca de 15 mil peças, incluindo obras de artistas como Giacometti e Henry Moore. Uma exposição permanente do modernismo brasileiro ocupa o andar superior, e o térreo abriga a interessante loja de design e uma cafeteria que valem uma olhada. Avenida Dom Henrique 85, Flamengo (21 2240 4944/mamrio.com.br). Aberto 3ª-dom. 12h-18h. Entrada R$8.

MAR – Museu de Arte do Rio Primeiro fruto da renovação da região do porto atualmente em curso, o prédio de telhado ondulado abriga um bar e centro de eventos a céu aberto. Exposições reconstroem o desenvolvimento do Rio desde as primeiras impressões de pioneiros europeus até surpreendentes interpretações das favelas da cidade. Praça Mauá, Centro (21 2203 1235/museudeartedorio.org.br). Aberto 3ª-dom. 10h-18h. Entrada R$8; grátis 3ª.

Pão de Açúcar Subir em um dos bondinhos – primeiro ao Morro da Urca e depois até o famoso vizinho (cada trajeto leva três minutos) – é seguir os passos de Einstein e John F. Kennedy. Em um dia limpo, a vista para o Corcovado é fascinante. Avenida Pasteur 520, Urca (21 2461 2700/bondinho.com.br). Aberto diariamente 8h-9h (últimos ingressos às 19h50). Entrada R$53.

MELHORES PRAIAS

Ipanema Estique-se na areia com uma água de coco e faça como os nativos quando vão à praia: o menor esforço possível

Leme Mais bonito que Copacabana, o vizinho tem águas mais limpas e charme art déco

Prainha Uma hora de carro a partir da Zona Sul leva à natureza preservada nesse paraíso de surfistas

BARES

Astor Inspirado em tradicionais brasseries francesas, serve coquetéis acertados, incluindo um dos melhores bloody marys da cidade. Pode ficar incrivelmente movimentado nos fins de semana, o que afeta a eficiência do serviço. Avenida Vieira Souto 110, Ipanema (21 2523 0085/barastor.com.br). Aberto 2ª-4ª 18h-1h; 5ª 18h-2h; 6ª-sáb. 12h-3h; dom. 12h-22h. AmEx, MC $$

Bar do Mineiro Constantemente lotado, serve pratos de inspiração mineira, cachaças e muita cerveja gelada. A feijoada de sábado é uma das melhores do morro, enquanto os pastéis de feijão combinam com uma cerveja Antartica Original. Rua Pascoal Carlos Magno 99, Santa Teresa (21 2221 9227). Aberto 3ª-dom. 11h-1h. MC, $$

Barzinho Para aqueles que preferirem ficar longe dos pontos mais “pés sujos” autênticos do bairro, este novo bar da Lapa tem coquetéis clássicos e um inventivo menu de petiscos. DJs tomam conta da pista no decorrer da noite, que esquenta gradualmente. Rua do Lavradio 170, Lapa (21 2221 4709). Aberto 3ª-4ª 18h-2h; 5ª 18h-3h; 6ª-sáb. 18h-4h. Entrada R$15-$25. AmEx, MC, $$

Belmonte Clássico boteco do Flamengo, agora tem novas filiais espalhadas pela cidade. Todas compartilham o segredo original: excelente chope e bandejas que circulam repletas de apetitosas empanadas, com recheios suculentos que vão de camarão com cream cheese a carne seca. A filial do Leblon (Rua Dias Ferreira 521) foi recauchutada recentemente e agora serve também sofisticados petiscos, além de incríveis caipirinhas com gelo triturado. Praia do Flamengo 300, Flamengo (21 2552 3349/botecobelmonte.com.br). Aberto diariamente 9h-último cliente.
Outro endereço Vários. AmEx, MC, $$

Bip Bip Experimente fazer barulho demais durante uma das frequentes rodas de samba e receba vaias e humilhação pública do próprio dono. Aqui, como as mesas simples na calçada e latas de cerveja sugerem, a música é o centro das atenções. Rua Almirante Gonçalves 50, Copacabana (21 2267 9696). Aberto diariamente 19h-1h. Não aceita cartões de crédito. $

CASAS NOTURNAS

00 Clube chique, com uma varanda a céu aberto perfeita para fazer hora enquanto a pista de dança aquece. Avenida Padre Leonel Franca 240,Gávea (21 2540 8041/00site.com.br). Aberto 3ª-sáb. 22h-5h; dom. 17h-2h. Entrada R$10-$60. AmEx, MC, $$$

Carioca da Gema Esta famosa casa de samba também abriga dois bares descontraídos e uma pizzaria no andar superior, perfeita para dar um tempo do agito. Rua Mem de Sá 79, Lapa (21 2221 0043/barcariocadagemacom.br). Aberto 2ª-6ª 19h-último cliente; sáb.-dom. 21h-
último cliente. Entrada R$22-$35. AmEx, MC, $$

Casa da Matriz Alegre casa alternativa onde bandas indie começam a carreira e DJs tocam rock e pop. Rua Henrique de Novaes 107, Botafogo (21 2226 9691/matrizonline.com.br). Aberto 4ª-sáb. 23h-último cliente. Entrada R$15-$30. MC, $$

Rio Scenarium Com três andares de antiguidades, ótimas bandas e comida decente, é um clássico da Lapa. Assistir aos incríveis dançarinos vai fazer você correr até a escola de dança mais próxima. Rua do Lavradio 20, Lapa (21 3147 9005/rioscenarium.com.br). Aberto 3ª-5ª 18h30-último cliente; 6ª 19h-último cliente; sáb. 20h-último cliente. Entrada R$20-$40. AmEx, MC, $$

SHOPPINGS CENTERS

Cassino Atlântico Quatro andares de antiguidades, arte e mobiliário compõem a maioria das lojas deste incrível prédio art déco em Copacabana, perto do Arpoador. Todo sábado, centenas de tapetes são estendidos e barracas são montadas ao longo dos corredores, com produtos desde prataria antiga até autênticos Ray-Bans dos anos 1970 aguardando para ser pechinchados. Avenida Atlântica 4240, Copacabana (21 2523 8709/shoppingcassinoatlantico.com.br). Aberto 2ª-sáb. 9h-21h; dom. 14h-20h.

Rio Sul A conveniente localização, a um pulo de Copacabana, a ótima praça de alimentação e exclusividades como a primeira loja da Nike da cidade fazem do Rio Sul uma das mais prazerosas experiências de compras na cidade. Rua Lauro Muller 116, Botafogo (21 3527 7000/riosul.com.br). Aberto 2ª-sáb. 10h-22h; dom. 15h-21h.

Shopping Leblon É o lugar mais fácil para gastar seus reais na Zona Sul. Combina sob o mesmo teto marcas famosas, excelentes restaurantes, teatro e cinema. A enorme Livraria da Travessa está entre as melhores, com um aconchegante café no mezanino. Avenida Afrânio de Melo Franco 290, Leblon (21 3138 8000/shoppingleblon.com.br). Aberto 2ª-sáb. 10h-22h; dom. 15h-19h.

MERCADOS E FEIRAS

Feira Hippie Todo domingo, centenas de artesãos, cozinheiros e comerciantes montam suas barracas na Praça General Osório, em Ipanema, para vender de tudo – de camisetas de futebol e tambores a materiais em couro e peças de arte de qualidade aleatória. Praça General Osório, Ipanema (feirahippieipanema.com). Aberto dom. 10h-17h.

Feira da Praça XV Aos sábados, bandos de caçadores de pechinchas, colecionadores e aproveitadores batem ponto na Praça XV para se debruçar sobre as mesas de antiguidades, móveis e tranqueiras. Algumas das ofertas podem espantar, mas é quase impossível ir embora de mãos vazias – ou, no mínimo, sem um sorriso no rosto. Praça XV, Centro. Aberto sáb. 9h-14h.

Saara As ruas de paralelepípedos barulhentas e sujas no entorno do metrô Uruguaiana abrigam uma surpreendente e cativante fatia da história de compras no Rio, onde pequenas lojas sobrevivem vendendo inutilidades essenciais. Rua Alfândega (e arredores), Centro (saarario.com.br). Aberto 2ª-6ª 9h-20h; sáb. 9h-14h.


Leia tudo sobre: rio de janeirocopa 2014timeout

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG