Especial cidades-sede: saiba onde comer em Salvador

Deixe-se levar pelas encorpadas e apimentadas receitas baianas e pelo frescor dos frutos do mar

Time Out | - Atualizada às

Time Out

Frutos do mar fresquíssimos preparados à moda africana são o carro-chefe da gastronomia baiana – seja nas receitas trazidas pelos escravos, como o vatapá e o caruru, seja nos pratos que incorporaram influências indígenas, portuguesas, mediterrâneas. Acostume-se com o onipresente aroma do azeite de dendê – ele está inclusive nas ruas, vindo das banquinhas das baianas, e na tigelinha de molho de pimenta presente nas mesas dos restaurantes. Moquecas de peixe e camarão, caldos de feijão e sururu, pastéis recheadíssimos com camarão, polvo e caranguejo... tudo tem um toque desses condimentos tão essenciais aos baianos.

Para acrescentar ainda mais sabor a essa diversidade, nada melhor que um belo cenário. Você escolhe entre restaurantes em edifícios do período colonial nas ruas de pedra da parte histórica, como o Koisa Nossa, e o clima caseiro e intimista que remete a almoços em família, como o Aconchego da Zuzu. Há ainda casas sofisticadas que têm vista para a Baía de Todos os Santos como pano de fundo, caso do Amado.

No meio do dia, quando precisar de um descanso do sobe e desce de ladeiras sob o sol, nada como refrescar-se com sorvetes artesanais de frutas como umbu, cajá, siriguela, caju e mangaba. Na Cidade Baixa, a pedida é a Sorveteria da Ribeira (Praça Conselheiro Nabuco 87, Ribeira, 71 3316 5451/sorveteriadaribeira.com.br); já no Pelourinho, escolha entre a tradicional A Cubana (Rua das Portas do Carmo 12, 71 3322 5858) e a charmosa Le Glacier Laporte (Largo do Cruzeiro de São Francisco 21, 71 3266 3649), que lança mão de temperos e cachaça para ousar nos sabores.

Nossas faixas de preço para restaurantes consideram o preço do prato principal mais barato: $ para abaixo de R$30; $$ para R$30-$55; $$$ para acima de R$55.

RESTAURANTES

BAIANO Aconchego da Zuzu O clima é de festa de família no quintal de casa, com receitas caprichadas – experimente a moqueca de camarão com pirão e arroz. Aos sábados, recebe grupos musicais de samba, forró e outras vertentes da música popular brasileira, com reconhecidos artistas soteropolitanos e convidados. Rua Quintino Bocaiúva 18, Garcia (71 3331 5074). Aberto 3ª-4ª 12h-15h; 5ª-6ª 12h-0h; sáb.-dom. 11h30-17h. Couvert R$6 (5ª-sáb.); R$7 (dom.). AmEx, DC, MC, $$

FRUTOS DO MAR Al Mare No Espaço Gourmet do Salvador Shopping, serve pescados e frutos do mar frescos – seja na forma de ceviches e carpaccios, seja como grelhados ou em preparos como à provençal (badejo, camarões, lulas, mexilhões e vôngoles refogados na manteiga, vinho e ervas, com molho de tomate e de mostarda Dijon). A carta de vinhos tem mais de uma centena de opções. Avenida Tancredo Neves 3133, Salvador Shopping, 1º piso, Caminho das Árvores (71 3033 7615/almaresalvador.com.br). Aberto 2ª-
3ª e dom. 12h-23h; 4ª-5ª 12h-0h; 6ª-sáb. 12h-1h. AmEx, CD, MC, $$

VARIADO Amado Na Praia da Preguiça, com vista para a belíssima Baía de Todos os Santos, o agradável restaurante serve receitas apetitosas como camarões empanados em tapioca e a pescada amarela em crosta de castanha de caju com caruru, purê de banana-da-terra e arroz-selvagem – um dos pratos mais pedidos. Avenida Lafaiete Coutinho 660, Contorno (71 3322 3520/amadobahia.com.br). Aberto 2ª-sáb. 12h-0h; dom. 12h-17h. AmEx, DC, MC, $$ 2

VARIADO Ciranda Café Cultura & Artes O charmoso ambiente, banhado por luz natural, recebe exposições de arte. O chef australiano Richard James mistura sabores do mundo nas receitas que cria, como o filé de badejo na crosta de licuri e camarões grelhados, servido em redução de moqueca com infusão de pimenta-rosa e abacaxi, que entra em cartaz no mês da Copa das Confederações. Rua Fonte do Boi 131, Rio Vermelho (71 3012 3963/cirandacafe.com). Aberto 2ª-4ª 12h-22h; 5ª-dom. 12h-0h. AmEx, DC, MC, $$

BAIANO Dona Mariquita Resgata receitas históricas da rica culinária baiana, como o arroz de hauçá, criado por escravos, feito com carne seca, arroz de coco e molho de camarão defumado com azeite de dendê. A decoração tem rendas, tecidos de chita e peças de cerâmica regionais. Rua do Meio 178, Rio Vermelho (71 3334 6947/donamariquita.com.br). Aberto 4ª-sáb. 12h-0h, dom.-3ª 12h-17h. AmEx, DC, MC, $$
FRUTOS DO MAR Koisa Nossa Endereço clássico para comer lambreta. Tem outras boas opções, como mariscada e camarão com chuchu e vinagrete. Travessa Engenheiro Allioni 1, Mouraria (71 3266-5596). Aberto 3ª-4ª 17h-0h; 5ª-6ª 17h-1h; sáb. 12h-20h. AmEx, MC, $$ 3

BAIANO Paraíso Tropical Reconhecido pelas inovações na culinária baiana, o chef Beto Pimentel serve suas criações em um ambiente cercado de natureza. Um dos favoritos é o grelhado tropical, com frutos do mar e frutas com caldo reduzido do cacau, achachairu (uma frutinha) e ervas. Rua Edgar Loureiro 98, Cabula (71 3384 7464/restauranteparaisotropical.com.br). Aberto 2ª-sáb. 12h-
22h; dom. 12h-17h. AmEx, DC, MC, $$$

BAIANO Restaurante Escola do Senac Bufê com 40 pratos, metade deles sem azeite de dendê. Praça José de Alencar, 13-19, Largo do Pelourinho, Centro Histórico (71 3324 8107/ba.senac.br). Aberto 2ª-sáb. 11h30-
15h30. AmEx, MC, $$ 4

BAIANO Restaurante Yemanjá Fundado em 1969, é um ícone da comida baiana. Entre as pedidas, moqueca de camarão. Os três salões têm motivos marítimos na decoração. Avenida Otávio Mangabeira 4661, Jardim Armação (71 3461 9010/restauranteyemanja.com.br). Aberto dom.-5ª 11h30-0h30; 6ª-sáb. 11h30-1h30. AmEx, DC, MC, $$$


Leia tudo sobre: salvadorcopa 2014timeout

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG