'Ainda temos que provar muita coisa', diz Felipão após título no Maracanã

Depois de bater Espanha, técnico tenta manter discurso humilde e prega necessidade de evolução do time até 2014

Bruno Winckler e Levi Guimarães - enviados iG ao Rio de Janeiro |

O técnico Luiz Felipe Scolari saiu da Copa das Confederações com a sensação de missão cumprida. Venceu os cinco jogos do torneio e foi campeão derrotando a poderosa Espanha . Mas a ótima campanha não faz com que ele acredite que a seleção está pronta para a Copa de 2014. Para Felipão, foi apenas o início de um longo caminho.

Comente esta notícia com outros torcedores

"Primeiro precisávamos montar uma equipe, um grupo, e dar confiança para os jogadores. Tínhamos que ganhar alguma competição para nos sentirmos realmente grandes. Agora vamos jogar por um ano sabendo que temos que caminhar muito para chegar onde estão outras seleções, como a própria Espanha, a Alemanha, a Argentina. Mas agora vamos trabalhar com mais confiança para quem sabe alcançar um nível melhor que o de hoje até, e aí entrar no grupo dos cinco, seis favoritos", disse.


Com a seleção brasileira ocupando atualmente a 22ª posição no ranking da Fifa (posição que deve mudar após o título), Felipão mostra uma certa contradição positiva em seu discurso. Por um lado, sempre diz que é obrigação brigar pelo título jogando em casa em 2014. Por outro, diz acreditar que, atualmente, muitos outros times estão à frente do Brasil.

Leia mais : Artilheiro de grandes jogos, Fred carimba vaga na Copa com outra atuação de gala

"[O título] foi importante para que a gente sonhe com um caminho, com uma ideia para que joguemos a Copa em igualdade com todos que foram campeões. Nós não somos ainda um time pronto. Temos um bom time, mas ainda temos que provar muita coisa", afirmou.

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG