Estádios têm mais de 80% de ocupação durante a Copa das Confederações

Mineirão foi o que menos recebeu espectadores em relação à capacidade total. Média de público no Brasil é a segunda maior da história do torneio

Thiago Rocha - iG São Paulo |

Clive Mason/Getty Images
Brasil x Japão no Mané Garrincha: 67.423 pessoas na abertura da Copa das Confederações

Se a Copa das Confederações mostrou que ainda há muita coisa a ser concluída e melhorada em relação a transporte e infraestrutura para o Mundial de 2014, a presença de público nas seis cidades-sede, no entanto, pode ser considerada um sucesso. Nas 16 partidas da competição deste ano, que consagrou o Brasil como campeão após vitória por 3 a 0 sobre a Espanha, no Maracanã, os estádios tiveram uma ocupação de 83,8%.

Comente esta notícia com outros torcedores

Arena Pernambuco, Castelão, Fonte Nova, Mané Garrincha, Maracanã e Mineirão suportariam receber 959.585 espectadores nos 16 jogos. O público total da Copa das Confederações de 2013 foi de 804.659 presentes, de acordo com dados divulgados pela Fifa, média de 50.291 por partida. Esse número perde apenas para a edição de 1999, no México, a maior média de público da história da competição, com 60.265. Contribui para isso, no entanto, a capacidade do Estádio Azteca, que recebeu 110 mil pessoas na final entre os donos da casa e o Brasil.

Leia mais : Balanço da Copa das Confederações: protestos deixam falhas em 2º plano

Palco da abertura da competição, dia 15 de junho, com Brasil 3 x 0 Japão, o Mané Garrincha recebeu 67.423 pessoas na única partida que abrigou, o que corresponde a 99,1% da capacidade do estádio (68.009). Nas outras cinco sedes, que receberam três jogos cada, o mais ocupado em média foi o Maracanã (94,8%). Já o Mineirão, que teve o pior público da competição (20.187 viram Taiti 1 x 6 Nigéria) foi o mais 'vazio", com 69,4%.

Leia mais : Blatter aprova organização brasileira, mas desconversa sobre protestos

Confira a ocupação dos seis estádios durante a Copa das Confederações:

Arena Pernambuco (capacidade: 44.248 pessoas) - 78,5% (104.241 presentes em 3 jogos)

Castelão (capacidade: 64.846 pessoas) - 84,8% (165.150 presentes em 3 jogos)

Fonte Nova (capacidade: 48.747 pessoas) - 81,3% (119.025 presentes em 3 jogos)

Mané Garrincha (capacidade: 68.009 pessoas) - 99,1% (67.423 presentes em 1 jogo)

Maracanã (capacidade: 76.804 pessoas) - 94,8% (218.460 presentes em 3 jogos)

Mineirão (capacidade: 62.547 pessoas) - 69,4% (130.360 presentes em 3 jogos)

Confira os cinco maiores públicos da Copa das Confederações de 2013:

1º Brasil 3 x 0 Espanha - 73.531 (Maracanã)

2º México 1 x 2 Itália - 73.123 (Maracanã)

3º Espanha 10 x 0 Taiti - 71.806 (Maracanã)

4º Brasil 3 x 0 Japão - 67.423 (Mané Garrincha)

5º Brasil 2 x 0 México - 57.804 (Castelão)

Abaixo, galeria de fotos de 15 momentos marcantes da competição:





Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG